Notícias

PC descarta homicídio e afirma que policial morreu após queda em casa

Por Redação / Com GazetaWeb
janeiro 22, 2024

Após investigações, a Polícia Civil de Alagoas informou, nesta segunda-feira (22), que descartou a possibilidade de que o policial aposentado Carlos Alberto Souza Vitorino, de 63 anos, foi vítima de homicídio ou latrocínio, hipóteses levantadas anteriormente.

De acordo com o delegado Everton Gonçalves, o homem teria caído no banheiro e batido com a cabeça na quina de um armário, o que ocasionou o óbito. O cadáver dele foi localizado despido na residência que morava, em Arapiraca, no Agreste do estado.

"O médio legista conseguiu determinar que a vítima apresentava uma única lesão na região da cabeça. Uma lesão contusa e não condizente com a utilização de nenhum tipo de arma", explicou ele.

Ainda segundo o delegado, o Instituto de Criminalística (IC) atestou o local em que Carlos Alberto caiu. Também foi confirmado que nenhum indivíduo entrou na casa antes dos vizinhos, que localizaram o corpo, da polícia e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

"Diante de tais fatos, o inquérito policial ainda continua em andamento, aguardando a chegada dos laudos periciais, com a confirmação de tais informações. Algumas pessoas serão ouvidas para finalizar esta teoria levantada, descartando a hipótese de crime", finalizou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale conosco

Rua José Pinto de Barros, Nº  26
 Centro
Palmeira dos índios - AL

E-mail: siteagresteagora@gmail.com

linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram