Notícias

Suspeito de estuprar criança em Rio Largo foi preso em Arapiraca

Por Redação com gazetaweb
fevereiro 6, 2024

Luiz da Conceição da Costa, de 43 anos, natural da cidade de Maribondo, foi preso em Arapiraca, 127 km de distância de Rio Largo, local onde ele teria raptado e estuprado uma criança de sete anos em 21 de janeiro deste ano. A prisão ocorreu nesta terça-feira (6) e ele é apontado como principal suspeito do crime.

De acordo com a delegada Teila Rocha, Luiz é pedreiro, casado, com filhos, e era considerado uma pessoa tranquila e bem-quista por aqueles que o conheciam.

"Ele não tem passagem anteriores pela polícia. É um homem comum. Ele tinha uma companheira e era tido como um homem tranquilo, bem-quisto, no local onde morava, tem família e tem filhos", afirmou a autoridade policial.

Ela informou que o homem foi encontrado em um estabelecimento comercial de Arapiraca. Imagem dele havia sido divulgada nesta terça-feira (6) após a Justiça decretar a prisão preventiva e ele ser considerado foragido.

O diretor de Polícia Judiciária da área 1, Lucimério Campos, disse que um dos elementos que fez as investigações chegarem até o suspeito é que pessoas que conviviam com ele o reconheceram nas imagens que o mostram raptando a criança. Elas procuraram a polícia para denunciar.

A partir disso, foi realizada busca e apreensão na casa dele, e com isso, a polícia encontrou na residência onde ele mora, em Maceió, a moto e o capacete que teriam sido utilizados no crime.

Entenda o caso

Segundo investigações da Polícia Civil, a criança de sete anos, raptada em Rio Largo, foi estuprada em um canavial, próximo ao aeroporto Zumbi dos Palmares, local onde ela foi deixada pelo agressor e encontrada em seguida por um casal que passava pela região.

Segundo o delegado inicial do caso, Ricardo Menezes, assim que foi encontrada, a criança foi levada para um hospital, onde foram feitos exames. Na unidade de saúde, de acordo com a autoridade policial, os médicos constataram que ela foi violentada sexualmente. Sangue foi encontrado nas partes íntimas da menina.

Menezes também disse que material encontrado na criança foi colhido para exames periciais.

A menina foi ouvida por meio de escuta especial, através da Delegacia de Crimes contra a Criança e o Adolescente.

O agressor estava em uma motocicleta de cor azul escura, de acordo com as investigações. Ele apareceu em imagens, no dia 21 de janeiro, raptando a menina. No momento do sequestro, a criança estava com uma prima de 10 anos, que se recusou a conversar com o homem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale conosco

Rua José Pinto de Barros, Nº  26
 Centro
Palmeira dos índios - AL

E-mail: siteagresteagora@gmail.com

linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram