Notícias

12 anos depois, homem suspeito de estuprar mulher com deficiência é preso, em Alagoas

Por Redação
janeiro 15, 2024

A Polícia Civil prendeu um homem, de 43 anos, suspeito de cometer estupro de vulnerável contra uma mulher com deficiência. O crime teria ocorrido em 2011, em uma academia, no bairro Chã da Jaqueira, em Maceió. A prisão foi realizada por policiais civis da Diretoria de Repressão ao Crime Organizado e à Corrupção (DRACCO), por meio de sua Seção de Capturas, nesse domingo (14), no Jardim Petrópolis, na capital alagoana.

“No mês de dezembro de 2011 estava acontecendo uma confraternização da academia quando a vítima, que é portadora de necessidades especiais e que, à época tinha 20 anos de idade, entrou no banheiro. Nesse momento o autor do fato, aluno da academia, também entrou no banheiro e a empurrou. A vítima caiu no chão e o autor fechou a porta do banheiro”, disse o delegado Igor Diego, diretor da DRACCO.

“O autor tirou a roupa da vítima e praticou sexo, conjunção carnal, com ela, mediante ameaças dizendo que se ela gritasse iria matá-la”, complementou a autoridade policial.

Após a prática do ato, o suspeito fugiu e a vítima ficou em estado de choque e sangrando. A vítima foi socorrida pelas pessoas que estavam na confraternização e foi levada para fazer o Boletim de Ocorrência (BO), e depois foi encaminhada para o Instituto Médico Legal (IML) para realização dos exames.

O delegado também informou que o homem foi condenado a 11 anos e 9 meses de reclusão, pelo Poder Judiciário de Alagoas. “Ele estava foragido, mas agora foi preso e pagará pelo crime que cometeu”, concluiu.

Redação por Jaenoticia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale conosco

Rua José Pinto de Barros, Nº  26
 Centro
Palmeira dos índios - AL

E-mail: siteagresteagora@gmail.com

linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram