Notícias

Agora é lei: negativa de matrícula escolar tem de ser justificada e apresentada por escrito

Por Redação
dezembro 27, 2023

Agora é lei. A negatividade de matrícula escolar à criança ou adolescente deverá ser apresentada por termo escrito e com justificativa pela instituição de ensino público de Alagoas. É o que determina a lei n° 9.155/2023, de autoria da deputada Fátima Canuto (MDB). A publicação foi feita no Diário Oficial do dia 19 de dezembro.

Pela lei, o termo de negativa de matrícula deverá conter informações relativas à qualificação da instituição de ensino, local e data, o nome do servidor ou funcionário responsável imediato pela comunicação da impossibilidade e a assinatura do diretor. Ainda devem constar dados sobre a qualificação da criança ou adolescente, o nome completo e idade, o período letivo e o turno escolar, e a justificativa da não matrícula. 

De acordo com a deputada, o objetivo desta lei é garantir o direito à educação para crianças e adolescentes e combater as diferentes formas de preconceito e discriminação, direta ou indiretamente. "Este é o modelo de educação e inclusão, em ensino regular, para atender a totalidade de crianças e adolescentes", disse Fátima Canuto.

Redação com Assessoria ALE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale conosco

Rua José Pinto de Barros, Nº  26
 Centro
Palmeira dos índios - AL

E-mail: siteagresteagora@gmail.com

linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram