Notícias

Alagoas não terá vacina contra a dengue disponibilizada pelo SUS

Por Redação
janeiro 25, 2024

A lista dos municípios brasileiros que vão disponibilizar a vacina contra a dengue no Sistema Único de Saúde (SUS) foi divulgada nesta quinta-feira (25), pelo Ministério da Saúde. Alagoas não preencheu os requisitos para receber o imunizante e, por isso, não foi contemplado neste primeiro momento. Portanto, nenhuma cidade do estado estará ofertando a vacina nos postos de saúde. O imunizante está disponível, porém, desde o ano passado, nas clínicas privadas de vacinação.

Dezesseis estados e o Distrito Federal estarão ofertando a vacina pelo SUS. No total, a lista conta com 251 municípios que receberão a vacina contra a dengue em 2024, por meio do SUS. A pasta pretende imunizar neste ano 3,2 milhões de pessoas de 10 a 14 anos. O estado com mais municípios selecionados é Goiás (134), seguido pela Bahia (115), Mato Grosso do Sul (79) e Paraná (30). A vacinação começa em fevereiro.

A escolha dos locais prioritários seguiu três critérios: municípios de grande porte (com mais de 100 mil habitantes), com alta transmissão de dengue registrada em 2023, e com maior predominância do sorotipo DENV-2. Dessa forma, 16 estados e o Distrito Federal preenchem os requisitos para iniciar a vacinação.

A elaboração de critérios prioritários segue recomendações da Câmara Técnica de Assessoramento em Imunização (CTAI) do Ministério da Saúde, além da Organização Mundial de Saúde (OMS).

A farmacêutica Takeda, que fabrica a vacina Qdenga, tem capacidade limitada de fornecimento das doses para este ano. O esquema vacinal é composto de duas doses, com intervalo de três meses entre elas.

De acordo com o Ministério da Saúde, a definição de um público-alvo e regiões prioritárias para a imunização foi necessária em razão da capacidade limitada de fornecimento de doses pelo laboratório fabricante da vacina. A primeira remessa com cerca de 757 mil doses chegou ao Brasil no último sábado (20). O lote faz parte de um total de 1,32 milhão de doses fornecidas pela farmacêutica. Outra remessa, com mais de 568 mil doses, está com entrega prevista para fevereiro. Além dessas, o Ministério da Saúde adquiriu o quantitativo total disponível pelo fabricante para 2024: 5,2 milhões de doses. De acordo com a empresa, a previsão é que sejam entregues ao longo do ano, até dezembro. Para 2025, a pasta já contratou 9 milhões de doses.

O Brasil é o primeiro país do mundo a oferecer o imunizante no sistema público universal. O Ministério da Saúde incorporou a vacina contra a dengue em dezembro de 2023. A inclusão foi analisada de forma célere pela Conitec (Comissão Nacional de Incorporações de Tecnologias no SUS), que recomendou a incorporação.

 

 

Redação com Gazetaweb 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale conosco

Rua José Pinto de Barros, Nº  26
 Centro
Palmeira dos índios - AL

E-mail: siteagresteagora@gmail.com

linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram