Jovem que queimou corpo ao acender narguilé morre

Por Jardel Gonçalves

Rhuan Gabriel de Oliveira Brandão, de 24 anos, morreu na Santa Casa de Campo Grande, na manhã desta quinta-feira (17), depois de ter 52% do seu corpo queimado enquanto usava uma chapa de bife para acender um narguilé na casa da avó, no Jardim Batistão, em Campo Grande.

O incidente aconteceu na noite de 2 de agosto. Ele estava internado no hospital desde a data. O pai de Rhuan disse que não estava no dia do ocorrido, mas afirmou para a polícia que o jovem e seu primo estavam nos fundos da casa da avó usando a chapa para bife para acender um narguilé. 

Em certo momento, o primo da vítima ao manusear um galão de álcool, junto com o ventilador, o fogo voltou para o galão, onde explodiu, com ambos sofrendo queimaduras.

Naquela noite, ele foi socorrido as pressas pelo Corpo de Bombeiros, que o encaminharam para a unidade hospitalar e o primo de Rhuan também ficou com queimaduras, mas não corre risco de morte.

Conforme o boletim de ocorrência, a vítima ficou 15 dias internado, mas diante do todos os procedimentos, Rhuan chegou a ir para a enfermaria, mas sofreu um novo choque séptico com piora rápido, que acarretou na sua morte na manhã de hoje.

O caso foi registrado como morte a esclarecer.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Noticias Relacionadas

Categorias

Redes Sociais