Notícias

Lanchonete é interditada por más condições de higiene no bairro de Jatiúca

Por Redação
fevereiro 6, 2024

Uma lanchonete no bairro de Jatiúca, em Maceió, foi fechada pela Vigilância Sanitária de Maceió, devido a condições precárias de higiene. O estabelecimento, que vende passaportes,  foi interditado por conta da falta generalizada de padrões sanitários, representando um risco à saúde pública. O prazo estabelecido para adequação e solicitação de desinterdição é de 30 dias.

Embora a equipe de fiscalização não tenha divulgado o nome do estabelecimento em questão, foram encontrados equipamentos e utensílios inadequados, um ambiente insalubre, alimentos de origem animal armazenados em temperatura ambiente, banheiros sujos e desorganização.

O chefe especial da Visa, Airton Santos, enfatizou que um estabelecimento nessas condições não pode operar, já que coloca em risco a saúde dos consumidores. O proprietário deve realizar as correções necessárias para regularizar a situação antes de retomar as operações. O estabelecimento autuado enfrentará um processo administrativo, podendo ser multado em valores entre R$ 180 e R$ 38 mil.


Para denunciar irregularidades em estabelecimentos que não estão em conformidade com as normas sanitárias e representam riscos à saúde pública, os residentes de Maceió podem contatar a Vigilância Sanitária pelos telefones (82) 3312-5495, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, ou pelo WhatsApp (82) 98752-2000, disponível 24 horas por dia, todos os dias, para o envio de mensagens de texto, fotos e/ou vídeos. Todas as denúncias são tratadas de forma anônima para garantir o sigilo do denunciante.

 

Redação com Jornal de Alagoas 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale conosco

Rua José Pinto de Barros, Nº  26
 Centro
Palmeira dos índios - AL

E-mail: siteagresteagora@gmail.com

linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram