Notícias

Mãe de brasileiro foragido diz que ele foi treinado para sobreviver

Por Redação
setembro 12, 2023

Por Jardel Gonçalves

Danilo Cavalcante, o fugitivo da prisão da Pensilvânia, está vagando por áreas de bosques e pequenas cidades suburbanas há quase duas semanas, presumivelmente sem abrigo e com pouco para comer ou beber, tentando escapar das centenas de policiais que o procuram desesperadamente.

No interior do Brasil, sua mãe, Iracema Cavalcante, vê um filho cuja vida o treinou para viver sozinho e superar dificuldades, preparando-o para sua longa fuga das autoridades após ser condenado pelo assassinato de sua ex-namorada.

Iracema, mesmo sabendo que seu filho esfaqueou a ex-namorada na Pensilvânia em 2021 e assassinou um homem no Brasil em 2017, insiste que o rapaz, mesmo armado, "não representa uma ameaça para ninguém". Ele está apenas lutando para sobreviver, como fez durante grande parte de sua vida, disse ela.

"Seu treinamento foi seu sofrimento", disse a mãe, em sua primeira entrevista desde que Danilo escapou da prisão, no mês passado. "Ia dormir com fome. Quando acordava, eu me perguntava com que iria alimentá-los."

Danilo nunca foi à escola, disse ela, e começou a trabalhar aos 5 anos. Primeiro engraxou sapatos, depois vendeu legumes no mercado e, aos 7, já trabalhava nos campos de outra pessoa, disse ela.

"Somos pobres. Humildes. Mas somos trabalhadores", disse ela numa entrevista de quase uma hora na manhã desta terça-feira (12). "O que nós temos, lutamos para conseguir."

As autoridades da Pensilvânia disseram que a criação de Danilo provavelmente tornou muito mais difícil capturá-lo.

"Não me surpreende que ele consiga sobreviver lá", disse o tenente-coronel George Bivens, da Polícia Estadual da Pensilvânia, a repórteres na semana passada. "O objetivo aqui não é uma competição de quanto ele pode aguentar? É quanto podemos estressá-lo? Quanto podemos pressioná-lo para que cometa um erro e nós o capturemos?"

Até agora, Cavalcante não cometeu esse erro. Na noite de segunda (11), porém, ele se arriscou, ao entrar numa garagem aberta para roubar um rifle e depois ser atacado pelo dono da casa. Mas ele escapou novamente e agora está armado, aumentando os temores de que represente um risco ainda maior para o público.

Cavalcante está fugindo desde que escalou um muro para escapar da prisão do condado de Chester, na Pensilvânia, em 31 de agosto. Ele acabara de ser condenado à prisão perpétua por assassinar sua ex-namorada na Pensilvânia em 2021. As autoridades acreditavam que ela havia descoberto evidências de que ele tinha assassinado alguém no Brasil em 2017.

Iracema Cavalcante não contestou a culpa do filho nos dois assassinatos. Mas também argumentou que, em ambos os casos, ele estava encurralado, sugerindo que sua ex-namorada ameaçou entregá-lo às autoridades e que o homem que ele matou a tiros em 2017 pretendia matar Danilo.

No caso da ex-namorada, ele foi condenado por esfaqueá-la quase 40 vezes na frente dos filhos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale conosco

Rua José Pinto de Barros, Nº  26
 Centro
Palmeira dos índios - AL

E-mail: siteagresteagora@gmail.com

linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram