Mulher que cortou cabelo de cadáver de manicure em Penedo, AL, é ouvida pela polícia

A mulher que está sendo investigada por cortar os cabelos do cadáver da manicure Carolaine Correia dos Santos, assassinada por engano na cidade de Penedo, interior de Alagoas, deve ser ouvida na tarde desta terça-feira (22). Além dela, parentes da vítima também serão ouvidos.

Carolaine Correia dos Santos, de 26 anos, foi morta no último dia 15. As investigações apontaram que o alvo dos atiradores seria uma mulher com quem ela conversava no momento do crime e que tem envolvimento com o tráfico de drogas.

Funcionários da funerária onde o corpo de Carolaine estava disseram que o vilipêndio ocorreu quando uma mulher chegou ao local fingindo ser irmã da vítima e disse que queria preparar o corpo na funerária para o enterro. Entretanto, ela cortou os cabelos de Calica e fugiu.

Logo em seguida, o pai de Carolaine chegou ao local e foi informado da situação. Foi quando ele esclareceu que a vítima não tinha nenhuma irmã.

Apesar do vilipêndio, o corpo foi liberado para o velório. A mulher voltou a aparecer, mas dessa vez com uma coroa de flores e o cabelo de Carolaine nas mãos. Segundo relato de testemunhas à polícia, ela se dirigiu até a mãe da vítima e perguntou se alguém queria o cabelo. Se não quisessem, ela faria um mega hair com ele.

Diante da situação, familiares de Carolaine chegaram a agredir a mulher, pegaram o cabelo de volta e o colocaram no caixão para que fosse enterrado com o corpo.

As duas versões relatadas à polícia estão sendo investigadas pela Polícia Civil, que instaurou um inquérito para apurar crimes de vilipêndio a cadáver e falsidade ideológica. O delegado responsável pelo caso deve intimar familiares de Carolaine, pessoas que estavam no velório e também a suspeita.

Via g1 Alagoas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Noticias Relacionadas

Categorias

Redes Sociais