Notícias

Pacientes têm acesso garantido a remédios de alto custo na rede estadual de saúde

Por Redação
janeiro 22, 2024

O Componente Especializado da Assistência Farmacêutica (CEAF) em Alagoas, vinculado à Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), tem garantido o tratamento de milhares de alagoanos que precisam de remédios de alto custo. Os medicamentos são entregues gratuitamente aos pacientes nas unidades do CEAF, por meio do Programa Remédio em Casa, ou através das Secretarias Municipais de Saúde em casos específicos.

A farmacêutica do CEAF, Rusliene Pereira, destacou que o programa pode ser usado por todos os alagoanos, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS). “Tem alguns tratamentos que o preço do medicamento chega a R$ 1 milhão. Outros passam de R$ 200 mil por mês. Então, até para pessoas que possuem uma renda muito boa, isso pesa no bolso e é o SUS que garante o acesso a todos”, pontuou Rusliene.

A sede do CEAF em Maceió atende, em média, 800 pessoas por dia. São 183 tipos de medicamentos distribuídos, e os pacientes, em geral, costumam receber os remédios mensalmente. Além da capital, o programa também conta com instalações em Arapiraca, Delmiro Gouveia, Palmeira dos Índios, Penedo, Santana do Ipanema, São Miguel dos Campos e União dos Palmares, que garantem a cobertura completa em todo o estado de Alagoas.

A auxiliar de produção Daniele Rodrigues recebe medicamentos por meio do CEAF para tratar o seu quadro de psoríase, uma doença crônica da pele caracterizada pela presença de manchas róseas ou avermelhadas, recoberta por escamas esbranquiçadas. “Meu médico me recomendou o programa e está sendo muito importante para o meu tratamento ter acesso ao remédio por aqui. Fui muito bem atendida e essa iniciativa é muito importante para todos”, afirmou Daniele.

O secretário de Estado da Saúde, médico Gustavo Pontes de Miranda, afirmou que o CEAF desempenha um papel fundamental na garantia de tratamentos especializados para os alagoanos. “A saúde é um direito de todos, e o CEAF garante o acesso a tratamentos que muitas pessoas não têm condições de pagar, mas precisam de determinado medicamento para garantir a sua vida. É uma contribuição muito nobre”, afirmou o gestor.

Como ter acesso ao CEAF

Após ter sido diagnosticado por um especialista com alguma doença que o tratamento seja de alto custo, o paciente pode pedir um encaminhamento médico ou ir ao site da Sesau, baixar os formulários necessários, voltar ao médico para o devido preenchimento e levá-los, juntamente com os exames, para o CEAF. Cada patologia requer uma gama de exames diferentes.

Em cerca de cinco dias úteis, o paciente recebe o resultado – se foi aprovado ou não para receber os medicamentos pelo programa. Em alguns casos, como pacientes transplantados, o remédio pode ser entregue no mesmo dia.

Redação com g1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale conosco

Rua José Pinto de Barros, Nº  26
 Centro
Palmeira dos índios - AL

E-mail: siteagresteagora@gmail.com

linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram