Notícias

Polícia diz que criança raptada foi estuprada; buscas são reforçadas

Por Redação com gazetaweb
janeiro 25, 2024

A Polícia Civil de Alagoas afirmou nesta quinta-feira (25) que a criança de sete anos, raptada em Rio Largo, foi estuprada em um canavial, próximo ao aeroporto Zumbi dos Palmares, local onde ela foi deixada pelo agressor e encontrada em seguida por um casal que passava pela região.

Segundo o delegado do caso, Ricardo Menezes, assim que foi encontrada, a criança foi levada para um hospital, onde foram feitos exames. Na unidade de saúde, de acordo com a autoridade policial, os médicos constataram que ela foi violentada sexualmente. Sangue foi encontrado nas partes íntimas da menina.

Menezes também disse que material encontrado na criança foi colhido para exames periciais.

A menina foi ouvida nesta quinta-feira (25) por meio de escuta especial, através da Delegacia de Crimes contra a Criança e o Adolescente. A Polícia Civil trabalha para identificar o homem e a Guarda Municipal de Rio Largo reforçou apoio nas buscas por ele.

O agressor estava em uma motocicleta de cor azul escura, de acordo com as investigações. Ele aparece em imagens, no dia 21 de janeiro, raptando a criança de 7 anos. No momento do sequestro, a menina estava com uma prima de 10 anos, que se recusou a conversar com o homem.

No entanto, segundo a mãe da criança mais nova, a filha foi atraída com a promessa de que ganharia uma bicicleta. No vídeo de câmeras de monitoramento, é possível ver a menina na garupa da moto.

No início de janeiro, uma situação semelhante foi registrada em vídeo de monitoramento, também em Rio Largo. Duas crianças andavam em uma calçada quando foram abordadas por um homem em uma moto.

Ele coloca a menina mais nova na garupa da moto e sai. "O modus operandi é muito parecido. Uma pessoa de moto aborda duas crianças, leva a menor. Uma foi tentativa de estupro, porque conseguiu fugir, e a outra foi estupro consumado. A gente pede ajuda da população para ligar para o 181 se tiver informações sobre o suspeito", afirmou delegado Rodrigo Menezes.

A Polícia Civil identificou nesta quinta o local onde a vítima foi estuprada. A área foi localizada com a ajuda do homem, que estava junto da esposa, quando encontrou a criança sozinha no canavial.

"O rapaz que salvou a menina no dia nos levou até lá e mostrou onde seria o local que ele encontrou a menina. Fazendo buscas nas redondezas identificamos restos de moto, restos de roupas, de garrafas, tudo indicando que ali foi realmente o local onde se consumou o fato", informou a autoridade policial.

Os materiais encontrados no canavial foram recolhidos para perícia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale conosco

Rua José Pinto de Barros, Nº  26
 Centro
Palmeira dos índios - AL

E-mail: siteagresteagora@gmail.com

linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram